Make your own free website on Tripod.com
PREVINA-SE

Home

DST | AIDS | Cancro Mole | Candidíase Vulvovaginal | Condiloma Acumulado | Donovanose | Gonorréia | Hepatite B | Herpes Genital | Linfogranuloma Venéreo | Pediculose Pubiana | Sífilis | Tricomoníase | Vaginose Bacteriana | Vulvovaginites | Sintomas | Conseqüência | Como previnir | Objetivo | saiba sobre mim | Contate-me
Cancro Mole


-O que é?

Pode ser chamada também de cancro venéreo e, popularmente, é conhecida como cavalo. São feridas dolorosas com a base mole. Seu agente causador é Haemophilus ducreyi. Aparece com freqüência em climas tropicais.

São, geralmente, lesões múltiplas. O período de incubação é de 3 a 5 dias, mas pode se estender até 2 semanas. É muito mais comum no sexo masculino.


-Transmissão

É transmitida de forma sexual, exclusivamente. É altamente contagiosa.


-Sintomas

São lesões dolorosas, geralmente múltiplas. Tem odor forte e se a pele superficial em estado necrótico for removida, sangra facilmente.

No homem, aparece mais freqüentes no frênulo e sulco bálano-prepucial; na mulher, face interna dos pequenos e grandes lábios.

-Exame

Pode ser uma pesquisa em coloração pelo método de Gram por cultura - que é o método mais preciso, mas de difícil realização e biópsia - que é o menos recomendado porque dá apenas um diagnóstico presuntivo.

-Tratamento

O cancro mole é tratado com medicamentos a base de antibióticos, sabonetes e loções. Todo o tratamento deve ser acompanhado de intensa higiene local. O portador deve ficar sem fazer sexo durante o tratamento, que deve durar até o desaparecimento total das lesões. O parceiro também deve ser tratado, mesmo sem apresentar sintomas, para evitar a reinfecção.

Previna-se*2003